Como executar o comando Scandisk no Windows

Jun 08,2019 • Filed to: Problemas com Computador • Proven solutions

No artigo a seguir, ajudaremos nossos usuários que desejam fazer bom uso do comando Scandisk no sistema operacional Windows. Antes de passarmos às especificidades do tópico, você deve desenvolver um entendimento preciso de como o sistema operacional Windows funciona. Não se preocupe, veremos só o básico do sistema operacional Windows, apenas para aprender sobre os comandos que o tornam tão especial. Como usuário do Windows, descobri que os comandos do SO são bastante úteis em tempos de crise. Enquanto alguns dos usuários podem se sentir céticos e acabar comparando o sistema operacional Windows com o MAC ou o Linux, não há como negar que o Windows criou uma interface bastante impressionante com comandos embutidos para seus usuários. O artigo a seguir lida com uma dessas funcionalidades úteis, que por acaso é o Comando Scandisk.

Parte 1: Como executar o comando Scandisk em diferentes versões do Windows

Na seção a seguir, vemos como executar o comando Scandisk em diferentes versões do Windows.

Para usuários do Microsoft Windows XP, 2000, Vista e 7:

Recomendamos as etapas a seguir quando você deseja executar o comando Scandisk nas versões listadas acima do Windows:

  1. Clique duas vezes no meu computador;
  2. Selecione um disco rígido local. Isso pode ser feito através de um único clique;
  3. Clique com o botão direito na unidade local que você selecionou na etapa acima;
  4. Agora você precisa clicar em Propriedades;
  5. Clique na guia "Ferramentas" e clique em Verificar agora para verificar a unidade em busca de erros.
  6. O computador agora precisa ser reiniciado para executar o comando Scandisk sem ser interrompido.

Microsoft Windows 3.X e usuários do MS-DOS:

Antes de você questionar nosso amor pelas versões primitivas do Windows, é importante notar que, até hoje, alguns usuários muito avançados preferem o MS-DOS quando se trata de garantir o sucesso de seus programas e aplicativos. Então, para ajudar nosso segmento de usuários, listamos as etapas que podem ajudá-los com o Comando Scandisk.

O Scandisk foi introduzido com o MS-DOS 6.2 e está aqui desde então. Para aqueles executando o MS-DOS 6.2 ou 6.22, aqui estão as etapas para executar o Scandisk;

  1. Para os usuários do Windows 3.X, marque Arquivo e, em seguida, Saia para acessar o prompt do MS-DOS;
  2. No MS-DOS, os usuários devem digitar CDDOS e apertar Enter;
  3. No C: DOS > Digite Scandisk e aperte Enter. Isso habilitará o comando Scandisk no seu computador.

A importância do comando Scandisk não pode ser descartada em nenhuma variante do Windows, especialmente se os usuários estiverem procurando a flexibilidade de verificar suas unidades e discos rígidos locais em busca de erros e problemas. Para aqueles que não têm certeza sobre como executar o comando Scandisk em seus sistemas, listamos todas as etapas possíveis com instruções simples. Se você tiver algumas técnicas alternativas para o mesmo ou usadas nas metodologias listadas acima, compartilhe sua experiência conosco nos fóruns.

Parte 2: O que é o comando Scandisk no sistema operacional Windows?

O comando Microsoft Scandisk é essencialmente um utilitário de diagnóstico incluído no MS-DOS e no Windows 9X. Embora seu brilho esteja no fato de poder verificar os erros do sistema de arquivos na unidade de disco, é crucial saber que esse comando veio como um sucessor avançado do CHKDSK. O comando foi introduzido pela primeira vez no MS-DOS 6.2.

O Scandisk ofuscou seu predecessor (CHKDSK) por causa da interface mais amigável que veio com várias opções de configuração e, o mais importante, a funcionalidade que era crítica para detectar e, em alguns casos, até mesmo recuperar os erros físicos no disco. Isso foi útil para os usuários nesses momentos, uma vez que substituiu e aprimorou a funcionalidade limitada que foi oferecida pelo MS-DOS Recover Utility. O comando Scandisk também conseguiu reparar arquivos com referência cruzada, algo que não era possível com o CHKDSK, alcançando mais usuários.

Desde o início do Windows 95, o comando Scandisk também veio com uma envolvente Interface Gráfica do Usuário, juntamente com a interface de usuário baseada em texto que estava sendo disponibilizada para os usuários que trabalham no modo DOS de tarefa única.

Executar o comando Scandisk

Paralelamente, é importante observar que o Scandisk não pode verificar as unidades de disco NTFS e, portanto, ele não foi disponibilizado para computadores que executam as versões baseadas no NT do Windows e, em vez disso, os usuários recebem o comando CHKDSK. Esse comando é relativamente novo e não deve ser confundido com o comando CHKDSK do MS-DOS anterior.

Parte 3: Vantagens de usar o comando do Scandisk:

Na seção a seguir, vemos os benefícios de usar o comando do Scandisk:

  1. Para começar, ele reconhece todas as versões do sistema FAT (File Allocation Table). Estes incluem FAT-12, FAT-16 e FAT-32;
  2. Ele também vem com a funcionalidade de reconhecer volumes "comprimidos";
  3. Ele pode ajudar os usuários a corrigir automaticamente arquivos com referência cruzada e clusters perdidos;
  4. Também ajuda a reconhecer nomes extensos de arquivos;
  5. O comando Scandisk pode ser executado facilmente em partições de disco marcadas como "sujas" por um desligamento incorreto do sistema operacional;
  6. O comando Scandisk pode ajudar os usuários a executar uma verificação completa dos discos rígidos e disquetes, a fim de verificar se há danos;
  7. O comando Scandisk também pode ser executado a partir da linha de comando, permitindo que ele seja inicializado a partir de um disquete, o que aprimora sua funcionalidade;
  8. O comando Scandisk vem com uma interface gráfica que é mais intuitiva e e fácil de controlar, agindo assim como uma alternativa mais fácil para as opções de verificação.
O melhor software de recuperação de dados

Recoverit - O melhor software de recuperação de dados

  • Recupere arquivos, fotos, áudios, música, e-mails perdidos ou deletados de qualquer dispositivo de armazenamento de forma eficaz, segura e completa.
  • Suporta a recuperação de dados a partir da lixeira, disco rígido, cartão de memória, pen drive, câmera digital e filmadoras.
  • Suporta a recuperação de dados após exclusão súbita, formatação, partição perdida, ataque de vírus e diversas falhas de sistema.
Artigos Mais Procurados
Ler MaisLer Menos

Luís Santos

chief Editor

0 Comment(s)
Home | Recursos | Problemas com Computador | Como executar o comando Scandisk no Windows